CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE INFLUENZA

Saúde - Segunda-feira, 23 de Abril de 2018


CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE INFLUENZA

De 23 de abril a 01 de junho de 2018. Dia D de vacinação acontece em 12 de maio

 

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe Influenza se inicia dia 23 de abril, segunda-feira e vai até o dia 01 de junho, em todo o País. A secretaria municipal de saúde de Agudos estará vacinando a população alvo da campanha: Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade; gestantes; mães no pós parto; pessoas com 60 anos ou mais de idade; trabalhadores de saúde da rede pública e privada; professores da rede pública e privada; povos indígenas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e portadores de doenças crônicas deverão receber a vacina contra a influenza.

A vacina será oferecida nas unidades de saúde gratuitamente, só é preciso levar  a carteira de vacinação. As vacinas inativadas contra influenza são bastante seguras e estão indicadas para os grupos prioritários e estarão disponíveis nas salas de vacinas do município. Em 2018 a meta é vacinar 90% da população alvo. Pessoas com história de alergia a ovo, ou que apresentaram história de reação anafilática em doses anteriores não deverão tomar a vacina.

A vacinação contra a influenza é a medida mais efetiva de prevenção da influenza grave e de suas complicações. O objetivo da campanha é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo para a vacinação.

Sobre a Gripe - A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de alta transmissibilidade e distribuição global, com tendência e se disseminar facilmente em epidemias sazonais, podendo causar pandemias.

A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, ao tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz. É muito elevada em ambiente domiciliar, creches, escolas e em ambientes fechados.

O uso do antiviral está indicado para todos os casos de síndrome respiratória aguda grave e casos de síndrome gripal, com condições e fatores de risco para complicações, de acordo com o Protocolo de tratamento da Influenza, do Ministério da Saúde.  Em todos os casos, o início do tratamento deve ser preferencialmente em 48 horas após o início dos sintomas.

A síndrome gripal, se caracteriza pelo aparecimento súbito de febre, cefaleia, dores musculares (mialgia), tosse, dor de garganta e fadiga, é a manifestação mais comum.

Na síndrome respiratória aguda grave, geralmente, ocorre a dificuldade respiratória e há necessidade de hospitalização.

Prefeitura Municipal


Agudos