.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Segunda à Sexta-feira, das 08:00h às 17:00h.

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Saúde - Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Agudos amplia ações de combate ao Aedes Aegypti

Mosquito transmissor da dengue e de outras doenças se prolifera com mais rapidez no período chuvoso; Vigilância Sanitária faz alerta


O município de Agudos já registrou 39 casos de dengue em 2023, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira (15/02) pela Secretaria de Saúde do município. A pasta afirma ainda que há 8 casos suspeitos aguardando resultados de exames e a preocupação da pasta é que, durante o período chuvoso, o mosquito Aedes aegypti se prolifera em maior número e mais rapidamente, aumentando o risco de transmissão de doenças.

O Coordenador da Vigilância Sanitária Joseval Aparecido de Morais alerta que além da dengue, o mosquito também é responsável pela transmissão de outras doenças, como Febre Amarela, Chikungunya e Zika. A chikungunya causa sintomas como febre alta, dores articulares intensas e vermelhidão na pele, enquanto a zika pode causar febre baixa, dor de cabeça, manchas vermelhas na pele e conjuntivite. No caso da Febre Amarela, os sintomas iniciais incluem febre alta, dores musculares, dor de cabeça, náuseas e vômitos.

“O mosquito gosta de água limpa, local com sombra e água parada, mas hoje em dia já encontramos esse inseto em vários tipos de recipientes com água suja e em meio ao lixo. Qualquer tipo de local que tenha água”, explica Joseval.

O coordenador avisa ainda que a forma mais correta de se combater o mosquito é eliminando os criadouros. “As formas de se evitar o mosquito é eliminando os criadouros. Não tem outra forma. Se a pessoa conseguir manter o seu quintal limpo e organizado, com certeza conseguirá eliminar criadouros e quebrar o ciclo de reprodução do mosquito”, afirma Joseval.

A Prefeitura pede a colaboração dos moradores para manterem seus quintais limpos e organizados. É fundamental eliminar possíveis criadouros, como garrafas, pneus e recipientes que possam acumular água parada.

Agentes de saúde estão em campo para oferecer orientações aos moradores das regiões onde já foram registrados casos positivos. Há também ações específicas de bloqueio de controle de criadouros.

Pequenas ações podem fazer a diferença, contribuindo para a prevenção dessas doenças. Juntos, podemos combater a proliferação do mosquito e garantir a saúde e bem-estar de toda a população.

Para tratar do tema, o setor de comunicação da prefeitura produziu um podcast especial com informações valiosas de combate à dengue. O episódio já está disponível nas principais plataformas de áudio, basta procurar por Prefeitura de Agudos ou através do link: https://anchor.fm/prefeitura-de-agudos.

 

Confira o podcast sobre a dengue

1005 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de AGUDOS - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.