Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Agudos, Sábado, 06 de Junho de 2020 Telefone (14) 3262-8500

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta Feira, das 08h as 18h.

Sext
05/06
30 °C
19 °C
Índice UV
6.0
Sáb
06/06
28 °C
20 °C
Índice UV
6.0
Domi
07/06
25 °C
19 °C
Índice UV
6.0
Segu
08/06
29 °C
20 °C
Índice UV
6.0

Saúde - Segunda-feira, 25 de Março de 2019

Notícias por Categoria

Fisioterapeuta representará Agudos em Congresso em Portugal


Fisioterapeuta representará Agudos em Congresso em Portugal

A fisioterapeuta agudense, Grace Fernanda Nunes, participará do 24º Congresso Português de Cardiopneumologia, que será realizado na cidade do Porto, em Portugal, nos dias 5, 6 e 7 de abril, com a apresentação de seu estudo, “Nível de atividade física e correlação aos exames físicos em hipertensos e diabéticos”.

O trabalho foi desenvolvido com base no Programa Hiperdia, que a médica coordena há mais de 10 anos junto a pacientes hipertensos e diabéticos de Agudos. O programa é gerido pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Agudos.

Grace é formada em Fisioterapia pela Universidade Sagrado Coração, de Bauru, com Doutorado em andamento pela Universidade Estadual Paulista (Unesp/Botucatu), na área de Fisiopatologia e Clínica Médica. Ela teve dois artigos aprovados para o congresso, durante estudos realizados na Universidade do Porto, em Portugal.

“Evidenciar nossa cidade, nossa gente em um Congresso Internacional é um privilégio. Estar vivenciando essa pesquisa, esse estudo, reforça que acreditar e trabalhar são ferramentas fundamentais para a concretização da ciência”, avalia.

Para ela, o fato de os dados apresentados serem de Agudos, dão ao evento um valor ainda maior. “O que muito me felicita é saber que os dados da população agudense contribuíram significativamente no meio científico, fornecendo informações para que outras populações conhecessem todo o processo das doenças crônicas não transmissíveis e, assim, através do conhecimento adquirido, mudassem seu hábito de vida e evitassem a incapacidade oriunda de tais doenças e diminuíssem a chance de óbito”, comemorou.

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

Agudos 121 anos

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!