Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Agudos, Sábado, 30 de Maio de 2020 Telefone (14) 3262-8500

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta Feira, das 08h as 18h.

Sext
29/05
26 °C
12 °C
Índice UV
6.0
Sáb
30/05
27 °C
16 °C
Índice UV
6.0
Domi
31/05
26 °C
15 °C
Índice UV
6.0
Segu
01/06
26 °C
14 °C
Índice UV
6.0

Meio Ambiente e Agricultura - Terça-feira, 12 de Março de 2019

Notícias por Categoria

Meio Ambiente promove palestra com produtores rurais de Agudos sobre raiva animal


Meio Ambiente promove palestra com produtores rurais de Agudos sobre raiva animal

Criadores e proprietários da zona rural de Agudos participaram de um encontro seguido de palestra promovido pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura de Agudos, no último dia 8 de março, com o veterinário Abner André de Arruda Ferreira, que abordou os riscos da raiva animal e, principalmente, a importância da vacinação. O encontro aconteceu na FAAG (Faculdade de Agudos).

Durante a reunião, o veterinário apresentou detalhes da doença, como o fato de ser uma zoonose (quando a transmissão se dá entre animais e seres humanos), ser causada por um vírus que age no sistema nervoso central e não ter cura, o que causa a morte de 100% dos infectados, de forma muito rápida, após os primeiros sintomas. Abner apontou os tipos da doença em herbívoros, que pode ser furiosa (quando o animal se torna agressivo), ou paralítica.

Uma das principais causas do número de morcegos, de acordo com o médico, é a redução de animais silvestres, presa natural dos transmissores da doença, o que fez com que os morcegos procurem por alimento na zona rural. Há ainda o aumento da oferta de abrigo em imóveis desocupados em sítios e fazendas devido à migração da população para área urbana.

Com o aumento dos transmissores, existe a possibilidade do surgimento de casos da doença. “Como a gente pode reverter isso é apenas com a vacinação dos animais. A vacina é eficaz, barata, de fácil acesso, sem efeitos colaterais e sem restrição para quem aplica”, ressaltou Abner.

O Secretário de Meio Ambiente, Leandro Correia, também pediu a colaboração dos presentes para que disseminem a importância da vacinação dos animais como a melhor forma de prevenir a doença.

O veterinário mostrou ainda como é feito o controle destes animais, pelas equipes especializadas da Defesa Agropecuária, mas lembrou a importância de os proprietários identificarem e informarem a presença de abrigos em suas propriedades. Esta semana, equipes da Defesa Agropecuária estarão em Agudos identificando abrigos e fazendo o controle dos morcegos.

Também a partir dessa semana, as equipes da Vigilância Epidemiológica visitarão as propriedades da zona rural de Agudos para vacinar cães e gatos e assim ampliar a barreira de proteção contra a doença. O trabalho será orientado pela responsável pela Vigilância Epidemiológica Elaine Cristina Souza Lima Aurélio e pela veterinária da AMA (Ambulatório Municipal Animal) Jane Sílvia Turco.

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

Agudos 121 anos

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!